Friday, June 09, 2006















Desenhei-te os lábios de cristal
enquanto devaneavas pelos sonhos
Segredei-te amor ao ouvido
chorei teus olhos risonhos
Desesperei a eternidade por ti
enquanto te bania de mim...
Mas por fim
encontraste-me
Não quis acreditar
mas é verdade
Tu Ariadne
figura outrora mitológica
existes...

EXISTES !!!

Agora
sou apenas um tolo...

Que sorri !


Imagem de Gustav Klimt

7 comments:

≈♥ Nadir ♥≈ said...

lindo :)
beijos e bom fim de semana

Som do Silêncio said...

Bom dia!
Desde já o meu obrigada pelo simpático comentário que deixaste :-))
quanto ao teu blog, não conhecia, e confesso que fiquei encantada. Voltarei sem dúvida alguma. Muito bom mesmo.
Um beijinho para ti!

kikas said...

Adorei o teu texto, apenas te deixo os meus parabens.

alice said...

"ontem dei por mim a passar por ti, não vou dizer aonde, estavas de costas, viravas a cabeça, vias-me pelo canto do olho e algo nas cores da roupa te cambiava o tom do olhar, sorrias a meio da boca, torcias os lábios, nada dizias, eu parada na montra a decifrar as mensagens dos carros a passar no vidro, tão depressa, tão inútil, tão arrepiada na curva das pernas onde o teu olho bicudo furava, tão depressa, tão profundo, só a paragem do metro testemunha, e os sacos das compras encostados, asas de plástico no meio de nós, não te lembras?"

beijinhos,

alice

dreams said...

não, ainda não me tinhas dado o prazer da tua visita...
obrigada pelos elogios, volta sempre, a porta está sempre aberta...

adorei a tua visita, que permitiu descobrir o teu cantinho...

o amor é belo e existe...
e quando se dá amor, só se pode receber amor...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

Ariadne said...

Verso e reverso...
Tanto desacreditar
numa força bruta !
E viramundo, vira,
devora...

Yang por circunstância –
No fundo é só manifestação...
E vira de novo
Porque não pode nunca
Largar o coração !

A noite é quem
Guarda as estrelas
No verso e na cadência.
O reverso é a evidência
E inevitável a hora...

E demora
Demasiado além do supôr...
Nunca me viste, Amor
Antes de eu
Te imaginar.


Namasté

JL said...

Bonito tributo. Muito bem!

Boa semana