Friday, August 11, 2006

.
A nossa Lua...











A nossa Lua,
outrora cheia,
esvai-se.
E tu,
choras!
De saudades,
por certo,
dos dias em que
a gravidade na Terra
díminuiu um pouco,
e as unhas,
o cabelo,
as crianças,
e todas as coisas vivas e não vivas
cresceram um pouco mais depressa...
Dos dias em que pesaste um pouco menos...
Dos dias em que as marés se superaram...
Não chores, amor.
Disse-te que tudo vai correr bem,
e eu não te minto.
Disse-te que a nossa Lua vai voltar a encher,
e eu não minto.
Disse-te que te amo...
Eu não minto...
Tu sabes que eu tenho sempre razão.
...Quando tenho, claro!
Gosto de te ver sorrir.
No fundo,
tu sabes...
Que os problemas não existem...
Existem apenas situações
que ou conseguimos resolver,
ou não...
E se fôr não,
também não vale a pena chorarmos por isso.
Até porque nada,
alguma vez ficou por resolver.
Tudo se resolve,
porque não há outra alternativa.
As coisas simplesmente tendem a resolver-se,
com ou sem a nossa intervenção.
...É uma questão de tempo...


Sentemo-nos amor,
a olhar a nossa Lua
que se esvai...

... e não chores...

Um dia ela voltará a encher...



Para saber de onde veio a foto, clique nela...

8 comments:

≈♥ Nadir ♥≈ said...

Que o sol seja o sorriso a dançar no teu rosto.
Bom fim de semana
Beijos

Eamane Melwasul said...

Ola amigo,
não é interessante como a lua muda as pessoas? os sentimentos... sentimo-nos mais leves, quase a flutuar...

os problemas que nos surgem, por vezes parece nao ter fim, mas como tu dizes, a lua um dia volta a encher e nesse dia voltamos a flutuar...

belo texto, beijinhos de cristal

Woman said...

Que bom sussurrares isso ao ouvido dela. Tudo parecerá mais fácil. :)

Beijinho

≈♥ Nadir ♥≈ said...

O que seria da noite
Sem a magia do luar?
Tantas vezes testemunha
Dos momentos de dor
Dos momentos de amor
Magia da noite
Cúmplice dos amantes
Inimiga do sofredor
Lua que nos faz sonhar
Lua que nos faz chorar
Lua, luz da noite
Morre com o dia
Sem nunca perder a magia...


Por≈©≈Ňąd¡®≈©≈2005

beijos e bom feriado

beta said...

Ela está sempre presente. Pena é que nos esqueçamos de conversar com Ela. Ela gosta e ouve-nos :)

Estrela do mar said...

...ao passear pela blogosfera, vim até este espaço...e gostei muito do que vi por cá...e este post em especial...tocou-me e muito...está LINDO DEMAIS!...parabéns!...


Bjos

Era uma vez um Girassol said...

Olá Sequeira!
Vim agradecer a visita e a apreciação ao meu espaço! Aqui estou para voltar ...Interessantes temas, poesia original.
Gostei!
Apesar de não ser o tal girassol, aqui vai um Abraço!

dreams said...

a lua volta...
e o amor resiste... enquanto houver amor não existe nenhum obstáculo que seja inultrapassável...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”