Saturday, July 29, 2006

.
O PIANO












O piano esteve a beber...
Bebeu até poder...
...até não poder mais...
Das suas teclas
não sai som algum...
...apenas dor...
Mesmo sabendo que não produzes som algum,
piano meu,
preciso lamber-te com as pontas dos dedos...
Entre nós existem segredos
que homem algum poderá alguma vez entender...
Parar de sonhar é morrer
e contigo,
morreu uma parte de mim,
de nós,
da Humanidade...
Neste momento choro,
e não creio que algum dia ela tivesse existido...
O piano esteve a beber,
e nem se apercebeu
que o mundo desabou à sua volta
sua alma estava envolta
de beleza sonora,
que um dia,
outrora,
acariciou os sonhos dos homens...
Os mesmos que agora
o carregam em ombros
para a sua última morada...

...a lixeira mais próxima.

Lamento piano...


Ainda te escuto...


Paz por favor...!!!


Na foto, Shaoul Feldman, verifica se o seu piano ainda funciona em seu apartamento, na cidade de Haifa, que caiu destroçado por um míssil lançado pelo Hezbolá.

Posta inspirada no site: http://www.endi.com/XStatic/endi/template/nota.aspx?n=40011

7 comments:

≈♥ Nadir ♥≈ said...

A tristeza da guerra que cala todos os sons menos os das lágrimas...
beijos e boa semana

JMB a.k.a. GIRASSOL said...

linda foto e palavras potentes, mr.sequeira

Ariadne said...

Grande posta !

(já estava com saudades de passar por aqui...)

Mil beijos pra ti.

Eamane Melwasul said...

triste...mas lindissimo :)
obrigado por o partilhares...


beijinhos de cristal

Woman said...

Genial. Amei...

AnaGarrett said...

Nunca teria coragem de o deitar fora. Nem que estivesse totalmente destruido.
Beijinho

beta said...

Simplesmente adorei!

Obrigada pela sensibilidade.

Jokas